quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Dentro das horas latentes de profunda inundação de mim em mim, as imagens dos teus gestos me sossegam de mim. Me afugentam de mim.

Meu amor é teu.

Um comentário:

R. disse...

saudade de te ver por aqui